Um Pouco sobre Geometria

Para começar falar sobre Geometria, temos que falar sobre  Euclides!

Então, Quem foi Euclides?

Euclides, foi o primeiro a ter a ideia de compilar tudo 
o que havia sido produzido sobre matemática, isso aconteceu 
há mais de dois mil atrás. Transformar os conhecimentos dos
 antigos babilônios e egípcios em axiomas, teoremas, postulados
 e demonstrações, tornando-os mais elaborados e compreensíveis 
a população da época; mas não sabia Euclides, que seu livro se
 tornaria tão famoso, pois para quem não sabe,o livro Os Elementos,




 é o segundo livro mais reproduzido no mundo, atrás apenas da Bíblia.
Mas, porque um livro produzido há tantos anos, seria útil atualmente se a tecnologia está tão avançada com inúmeras formas de se fazerem cálculos? Pois é, mas se não fosse nosso ilustre compilador , talvez toda a parafernália tecnológica que temos hoje não existiria.
O que contém neste livro então?  Geometria!
Ah, a queridinha de todos nós, sim TODOS nós, porque  amando ou detestando a matemática, a geometria está presente em cada canto de nossas vidas, e a história dessa parceira é de longa data.

 




A noção de espaço que temos hoje, veio dos egípcios e babilônicos, que para medir um determinado 'terreno' faziam uso de uma corda e um pedaço de pau ou osso.
 Falando nisso, há um osso muito famoso datado de 8 mil anos atrás,                que era usado para registro numérico, o osso de Ishango; naquela época, ainda não se faziam cálculos aritméticos, tais como: soma, subtração..., pois eram muito abstratos, não havia como mostrar na prática com certeza de que 2 + 2 eram realmente 4! Então eram usados ossos, em que se faziam riscos, que simbolizavam a quantidade a que se referiam, como os registros do osso de Ishango mostra.
Com o passar dos anos os egípcios deixaram  de ser nômades  ( pessoas que não tem moradia fixa) e passaram a ser sedentários ( formam comunidades, as pessoas se estabelecem em determinado lugar), mas próximos dos rios, como por exemplo, o Nilo.  Eles passaram a desenvolver a agricultura e os sistemas de irrigação e com isso
 desenvolveram também a matemática, que se tornou um pouco mais complexa, nota-se pelo grau de complexidade de suas construções: as pirâmides! Construções que permanecem até os dias de hoje e que impressionam por sua grandiosidade, visto a época e os materiais disponíveis .
A contribuição matemática dos egípcios e babilônicos foi muito pequena, comparada com a grega, a qual uniu os conhecimentos anteriores ao deles, e então começamos a alicerçar nossa Matemática.


           Tales de Mileto, que desenvolveu as propriedades de triângulos semelhantes, que mediu a 
distância de um navio no mar  e que deu grande contribuição aos seus sucessores, Pitágoras,  e seu famoso teorema de que a soma dos quadrados dos catetos de uma triângulo retângulo era igual ao quadrado da hipotenusa, o qual é muito importante e muito utilizado ainda hoje! Euclides, o estimado compilador de tudo isso! Descartes,  formulou a lei de refração da luz na forma como conhecemos hoje; também explicou completamente a física do arco-íris e foi o primeiro a cumprir tais feitos.E ainda diz: “Minha física toda nada mais é do que geometria”. Gauss, a mente que revolucionou a física e a matemática, "criando" novos espaços, os quais fez com que as pessoas indagassem qual seria a realidade por elas vivida, a de Euclides ou a de Gauss; inicia-se então a geometria não euclidiana, e com ela uma nova e longa história que deixamos para outro dia...


Colaboração por Silva, Geisa


Bibliografia

-Livro: A Janela de Euclides – a história da geometria, das linhas paralelas ao hipeespaço, Autor: Leonard Mlodinow 

Nenhum comentário:

Postar um comentário